O que é a área de desenvolvimento de software e como trabalhar na área

Para que pessoas age ou quer trabalhar com tecnologia, e considera a possibilidade de se tornar um desenvolvedor, este artigo poderá te ajudar.

Uma das profissões está sempre em alta é a de desenvolvedor de software.  Um profissional na área de desenvolvimento é uma das mais respeitadas especialidades na Tecnologia da Informação (TI).

No entanto, o que faz um desenvolvedor? Em termos gerais, quem quer seguir esta carreira vai desenvolver sistemas e ferramentas, fazer manutenção e sempre estudar para se manter atualizado com as novas tecnologias.

Um programador pode, por exemplo, desenvolve sistemas e aplicativos para a internet, criando sites, lojas virtuais, portais, aplicativos dispositivos móveis entre outras possibilidades.

Neste artigo, apresentamos informações necessárias sobre as tendências do mercado de trabalho para desenvolvimento, as vagas e a formação essencial para inscrever-se na trajetória. Por isso, continue com a gente e saiba mais!

Que vagas estão em alta?

Se observarmos as vagas abertas, poderemos perceber que as vagas de desenvolvedor com salários considerados acima da média.

Para um programador, há lugar em diversas áreas, como grandes companhias de aplicativo, departamentos de TI corporativos e companhias de serviços.

Estes profissionais são capazes de praticar como consultores e autônomos para pequenas e médias companhias.

Um programador não necessita ficar em um sala ou em frente a um computador 24 horas por dia. Além de trabalhar em grandes corporações, também pode fazer trabalhos acadêmicos.

Como trabalhar nesta área?

Um profissional do setor de desenvolvimento pode ter diversas aptidões. É recomendado, porém, ter lógica e ter um certo conforto com as áreas de matemática, conhecer o idioma inglês, ser ousado e estimulado e, acima de tudo, estar antenado às novas tendências.

Por causa de à fundura e à alcance da setor, é fundamental que o programador estude as muitas linguagens existentes, como Java, C# e Ruby, por exemplo.

Recorrentemente, eles são solicitados no mercado de trabalho e são autodidatas. As empresas de tecnologia que atuam no país estão crescendo, o que torna um terreno fértil para profissionais da Tecnologia da Informação.

As inovações tecnológicas crescem, e a consumo por este tipo de profissional tende a ganhar mais.

Quais são os principais desafios da atividade?

Os profissionais adquirem um bom volume de entendimento ao longo a bens, sentindo-se preparadas para o mercado de trabalho dessa maneira que saem dela.

No entanto, especialistas em desenvolvimento precisam estar em constante aprendizado. Quem escolhe entrar nesse setor precisa estar ciente que será necessário estudar sempre.

Além de ser uma atividade ampla, com diversos ramos de desempenho, o mundo da tecnologia evolui depressa, o que obriga o profissional a reforçar a série de entendimento sobre ferramentas, IDEs, plataformas e linguagens.

É fundamental ter em mente que ninguém nasce sabendo tudo e que as vagas de retoque há, basta procurá-las. Para isto, há cursos que são capazes de auxiliar o profissional a obter o seu diferencial, um deles é, sem dúvida, é a cursos da Danki Code.

Um bom plano de carreira pode ajudá-lo a seguir o caminho mais rápido para sua formação.

Quem está no mercado de trabalho, pode falar com certo entusiasmo na economia. Há diversas vagas disponíveis para quem . Agora que você já sabe mais sobre o que faz um programador, quais as vagas na setor, como a atividade está nos dias de hoje e quais cursos realizar para se individualizar, compartilhe esse texto nas suas redes sociais e ajude seus colegas a similarmente conhecerem melhor essa atividade tão promissora!

Como melhorar sua estratégia de marketing de conteúdo

Os profissionais que trabalham com marketing de conteúdo mantém foco na estratégia para conseguir o seu objetivo que é educar, entreter e persuadir positivamente o seu público-alvo.

No entanto, como as estratégias sempre estão mudando é importante que o profissional mantenha-se atualizado e prenda como melhorar sua estratégia de marketing de conteúdo quando for necessário.

Para fazer isso existem algumas técnicas que você pode colocar em prática, para saber quais são observe aqui.

Aprenda como melhorar sua estratégia de marketing

Observe as técnicas abaixo elas serão fundamentais para você saber como melhorar as estratégias de marketing quando for preciso.

Aprenda mais sobre estratégias de conteúdo

O blog atualmente é utilizado para as estratégias de conteúdo, mas as maiorias das empresas já estão utilizando essa técnica, o que não é mais um fator diferencial – De acordo com o blog Negócio de Marketing Digital

Por isso, é importante que você crie uma técnica única personalizada que ajude a melhorar a sua estratégia de marketing de conteúdo. No entanto, essa técnica não deve se limitar apenas ao blog e você precisa utilizar outras mídias.

Crie uma maneira de fazer à sua marca interagir com os seus consumidores, essa interação com o público cria uma relação com aquilo que está sendo vendidos.

Crie infográfico chamativo

Uma das melhores formas de chamar a atenção do público é utilizar infográfico, ele faz uma combinação de imagem com conteúdo, formando um material visual fácil de entender.

Quando ele é bem feito consegue a atenção ampla do público, além de ser um material de fácil compartilhamento, o que consequentemente ajuda a expandir a exposição de uma marca na internet.

Faça vídeos criativos

Uma forma eficiente de melhorar o engajamento com o público-alvo é produzir conteúdo visual. As mídias sociais atualmente estão focadas neste tipo de conteúdo porque ele serve tanto para entretimento quanto para apresenta produtos, serviços uma nova marca no mercado.

Além disso, os vídeos são conteúdos que oferecem várias possibilidades, você pode gravar entrevistas, mensagens institucionais, vídeo sobre determinado assunto e entre outros. Use a produção de conteúdo visual para melhorar sua estratégia de marketing.

Faça questionários

Uma maneira para saber como melhorar a sua estratégia de marketing é criar questionários interativos, o objetivo deles é criar um engajamento com o público-alvo.

A grande vantagem disso é que você aprende algo valioso sobre o público através do questionário. Para isso, é necessário criar as perguntas estrategicamente para que através delas seja possível obter informações que ajudam a melhorar as estratégias de marketing de conteúdo.

Tenha mais envolvimento com o público

No marketing digital é fundamental que a empresa tenha mais envolvimento com o público, para conseguir se envolver com os potenciais clientes um webnário pode ajudar bastante.

Um webnário nada mais é do que uma transmissão ao vivo onde se aborda determinado assunto. Com está ferramenta é possível captar a atenção do público que está buscando algum assunto específico.

Durante a transmissão as pessoas podem interagir fazendo perguntas ou comentário, através disso a marca cria um relacionamento com público podendo oferecer um produto no final da transmissão.

Faça estudos de casos

O Estudo de casos de outras empresas que estão tendo resultados positivos com está estratégia é uma boa maneira para aprender como melhorar sua estratégia de marketing de conteúdo.

Geralmente o estudo de caso apresenta dados sobre o produto ou serviço e mantém o foco mais no cliente do que na própria empresa, além de criar a estratégia de contar uma história sobre ele mesma para conseguir a atenção dos clientes.

Existem várias técnicas para modificar a estratégia de marketing de conteúdo, mas você não precisa colocar todas em práticas basta apenas escolher aquela que melhor atende a sua necessidade.

Por exemplo, melhorar o texto com técnicas de Copywriting, melhorar o compartilhamento do conteúdo nas redes sociais e entre outras.

Como usar o LinkedIn para conseguir um emprego

Você está usando o LinkedIn ao máximo para conseguir um emprego? Liguei a TV recentemente e assisti a uma entrevista da CBS This Morning com Jeff Weiner, CEO do LinkedIn.

Escusado será dizer que me inspirou a sentar e escrever. Afinal, eu estava recebendo informações sobre como aumentar seu perfil no LinkedIn durante uma busca de emprego direto da boca do CEO, então tive que compartilhar.

Por que você deve usar o LinkedIn para sua pesquisa de emprego?

Não é segredo que o LinkedIn é o melhor site de rede social profissional, com 133 milhões de usuários somente nos EUA e alcançando 200 países e territórios em todo o mundo. De acordo com a Pesquisa de Nação Recrutadora da Jobvite, 87% dos recrutadores usam o LinkedIn como parte de sua pesquisa de candidatos.

Como profissional ou estudante, é o lugar popular para se relacionar e procurar oportunidades de emprego; Até mesmo o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, uma vez brincou durante uma entrevista coletiva na TV dizendo que iria se juntar ao LinkedIn para ajudá-lo a conseguir um emprego depois que seu mandato terminasse!

A questão é que, se você só está atualizando seu perfil de vez em quando, não está utilizando totalmente o que o LinkedIn pode fazer por você, o que inclui tirar horas de folga de sua busca de emprego. Abaixo estão algumas dicas táticas sobre como você pode aproveitar o LinkedIn ao máximo para expandir sua rede profissional e conseguir seu próximo trabalho.

Na CBS This Morning, o CEO do LinkedIn observou as três dicas a seguir para maximizar o potencial do seu perfil no LinkedIn:

  • Mantenha seu perfil atualizado.
  • Seja abrangente sobre as habilidades e objetivos atuais.
  • Realce sua experiência recente.

Quando perguntado sobre o que era mais importante sobre o perfil de um candidato e sobre como fazer o melhor uso da plataforma, Weiner respondeu que a “autenticidade” em primeiro lugar era importante.

“Seja você mesmo, represente quem você é. Não são apenas suas experiências; isso não é um currículo… Essa é uma abordagem mais dinâmica para representar suas experiências, suas habilidades, seus objetivos, o que você sabe, o que você está interessado dentro de um contexto profissional “, explicou Weiner.

“Não se trata apenas da abrangência; é também sobre o frescor da informação, e quanto mais completa e mais atualizada, quanto mais recente essa informação foi atualizada, mais oportunidades irão se acumular para nossos membros.”

14 maneiras de usar o LinkedIn para conseguir um emprego

Além do conselho de Weiner, adicionei mais 11 ações que você pode tomar para alavancar o LinkedIn para obter a máxima eficiência na segurança de sua próxima posição. Por causa deste artigo, digamos que sua companhia favorita que você não pode esperar para trabalhar é chamada Gone Bananas. Siga estas dicas sobre como aproveitar o LinkedIn e você será um funcionário da Gone Bananas em breve:

1. Mantenha seu perfil atualizado.

Os usuários do LinkedIn com uma imagem de perfil têm 14 vezes mais chances de receber visualizações de página, enquanto aqueles que publicam habilidades têm 13 vezes mais chances de ter visualizações de perfil em comparação com aqueles que não têm, de acordo com o blog do LinkedIn.

Existem mais de 45.000 habilidades para escolher no LinkedIn para reforçar o seu perfil, por isso, se você quiser que o Gone Bananas o perceba, certifique-se de atualizar regularmente seu perfil, adicionar uma foto de perfil e incluir suas habilidades notáveis.

2. Seja abrangente sobre as habilidades e objetivos atuais.

Para garantir que você esteja usando o LinkedIn para encontrar um emprego corretamente, não deixe nada sobre suas habilidades e objetivos atuais. Use seu título para compartilhar seu objetivo principal, se fizer sentido e adicionar todas as suas habilidades à sua página. Você não quer que pareça que você não atualizou sua página há algum tempo, já que recrutadores e empresas podem passar por você se isso acontecer.

3. Realce a experiência recente.

Você quer que sua experiência recente seja evidente para qualquer pessoa que veja sua página, especialmente quando você está ativamente envolvido com conexões e empresas para conseguir um emprego – e é por essa razão que você está provavelmente lendo este post, afinal de contas.

4. Atualize seu título.

Sua foto, nome e título (que estão listados abaixo da sua foto) são os únicos itens que as pessoas veem quando fazem uma pesquisa. Seu título deve se destacar e destacar o que você faz ou o tipo de posição que está procurando. “Profissionais de RH conectando funcionários à gerência” são exemplos de manchetes que são claras e podem chamar a atenção quando comparadas às manchetes simples de Jane como “Engenheiro químico no setor público”.

5. Deixe as pessoas saberem que você está disponível.

Se você puder anunciar o fato de estar procurando emprego, faça isso. Use o título para fazer o anúncio. Por exemplo, “O escritor que procura empresas que precisam de um fantasma amigável (ou ghostwriter)” e “engenheiro de petróleo pronto para atacar o petróleo e torná-lo rico” pode chamar a atenção de um recrutador ou do gerente de contratação.

6. Construa sua rede para o primeiro grau.

Suas conexões podem aumentar exponencialmente sua exposição e acesso a outras conexões. O LinkedIn facilita a conexão com pessoas que você conhece, importando suas listas de contatos de sites como o Gmail.

7. Pesquise as empresas nas quais você está interessado e siga-as.

LinkedIn torna fácil encontrar e acompanhar as empresas. Se você ainda não fez isso, faça uma lista das empresas para as quais gostaria de trabalhar e siga-as no LinkedIn. Isso ajudará você a se manter informado sobre as novidades da empresa e as novas posições à medida que elas se tornam disponíveis.

8. Use a pesquisa avançada.

Use a opção Pesquisa avançada do LinkedIn e faça uma pesquisa nas suas empresas favoritas. Descubra quem de suas conexões está associado ao Gone Bananas, por exemplo, e faça uma lista. Você pode contatar essas pessoas dependendo de sua conexão com a empresa.

Se eles trabalham lá, você pode fazer perguntas sobre a cultura da empresa. Se eles são um cliente ou provedor de serviços, você pode perguntar como é fazer negócios com eles. Seja criativo e divirta-se fazendo sua pesquisa para que você possa navegar sobre como melhor abordar a empresa para um trabalho quando estiver pronto.

9. Peça uma introdução.

Quando estiver pronto para entrar em contato com o Gone Bananas, você pode solicitar que suas conexões façam uma introdução a alguém com quem elas estão conectadas dentro da organização.

10. Procure por ex-alunos associados à sua faculdade ou universidade.

Fazer uma pesquisa para sua faculdade ou universidade é uma ótima maneira de se conectar com ex-alunos que frequentaram a mesma escola que você. Você pode contatá-los e compartilhar esse interesse comum para ajudá-lo a conseguir seu próximo emprego.

A empreendedora, treinadora, palestrante, consultora e autora, Shelley Roth, tem “ajudado indivíduos, organizações e equipes a melhorar sua eficácia e resultados ao mudar a forma como pensam sobre mídia social e negócios”.

Quando perguntei a ela que conselho ela dava para ajudar outras pessoas a usar o LinkedIn, a utilização de sua rede de ex-alunos era fundamental.

“Eu sugeriria que uma das maneiras mais fáceis de alavancar o poder do LinkedIn é usar a ferramenta Alumni. Você pode primeiro entrar [ou seguir] sua faculdade de ex-alunos e procurar ex-alunos em empresas ou locais de trabalho.”

Shelley é presidente e diretora-chefe da organização com sede em Houston, Springboard, e autora de vários livros, incluindo o livro Give to Grow: 9 Princípios para Negócios Conscientes, Mídias Sociais e Vida.

11. Seja mais que um wallflower.

Seja ativo no LinkedIn e, como Weiner sugere, seja autêntico e atual. Publique os artigos que você escreve, os vídeos postados e assim por diante, como atualizações. Envolva-se com grupos e interaja com outras pessoas no LinkedIn. Quanto mais você interage e publica como profissional, mais você será notado e criará reconhecimento.

12. Envolva-se nos grupos profissionais do LinkedIn.

Faça uma pesquisa avançada para identificar grupos profissionais em sua área e envolva-se. Isso ajudará a expandir sua rede, mostrar sua experiência (quando você se envolver em conversas on-line e responder a perguntas que surgirem) e, possivelmente, conectá-lo às organizações para as quais deseja trabalhar no futuro.

Ao pesquisar grupos, você deseja participar de grupos que tenham atividade recente. Caso contrário, você pode estar desperdiçando seu tempo se um grupo não tiver interação diária ou regular on-line.

13. Pesquise seu futuro chefe e equipe executiva.

Antes de entrar para uma entrevista, você pode usar o LinkedIn para pesquisar gerentes e entrevistadores para descobrir seus gostos, interesses e muito mais. Você pode aproveitar essas informações durante sua entrevista para criar relatabilidade e mostrar que fez sua lição de casa.

14. Rede após o horário comercial.

De acordo com a Mashable, as estatísticas mostram que apenas 8,33% dos americanos usam o LinkedIn durante o horário de trabalho em comparação com outros sites de mídia social, como o Facebook (com quase 30% das pessoas usando durante as horas de trabalho), indicando que você pode obter mais interação e exposição se você atualizar seu status, rede e se conectar com pessoas e empresas após o horário comercial no LinkedIn.

Teste isso em diferentes momentos do dia para ver o que funciona melhor na obtenção de respostas e outras interações.